sexta-feira, 22 de junho de 2012

XIII PLENÁRIA DE CONSELHOS DE SAÚDE DO DF

Exposições polêmicas como, Financiamento, proibição do uso do orçamento mínimo   em políticas  que atuam nos fatores determinantes e condicionantes da Saúde, a paridade na representação dos Conselhos de Saúde como condição para recebimento de repasse financeiro para Estados  Municípios e DF marcaram a manhã da XIII Plenária dos conselhos do DF. No período Vespertino, a secretária executiva do CSDF, Sra. Ivanda Cardoso, lembrou a necessidade de regulamentação dos Conselhos Regionais e da capacitação de Conselheiro como ferramenta de empedramento. Foram elencadas 10 proposta para a XVII Plenária Nacional, ressaltamos: política Nacional para idosos, Câmara Técnica  para fomentar e acompanha as´politicas de Saúde no DF. Acompanhamento obrigatório das verbas disponibilizadas para as Regionais de saúde (PDPAS) O DECRETO Nº 31.625, DE 29 DE ABRIL DE 2010 - Institui o Programa de Descentralização Progressiva de Ações de Saúde - PDPAS para as Diretorias Gerais de Saúde e as Unidades de Referência Distrital da Rede Pública de Saúde do Distrito Federal. Reunião ordinária com presidentes de Conselhos Regionais e secretário de saúde para pactuação de ações na Saúde entre outras. Logo após  ás 15h deu inicio a eleição de delegados onde por paridade foram eleitos 20 usuários, 10 trabalhadores e 10 gestores, para a Plenária Nacional que ocorrerá nos dia 09 e 10 de julho. O conselho Regional  Saúde do Guará com maioria absoluta organizou a eleição. O Conselho de Saúde do Núcleo Bandeirante elegeu sete delegados Incluindo a Conselheira Maura que por norma do regimento não pode entrar na disputa por ser delegada nata, em função de ter sido eleita  Primeira suplente de coordenação de plenária Nacional. As discussões foram de uma abrangência significativa, acreditamos que as ações serão norteadas em conformidades com os encaminhamentos feitos.