terça-feira, 26 de novembro de 2013

DESCASO

Após  sofrer uma torção no tornozelo esquerdo e ser muito bem atendida pelo ortopedista do Centro de Saúde 02 do Núcleo Bandeirante DF, fui orientada por ele buscar uma unidade de Saúde de maior porte para proceder exames de imagens e fazer imobilização.Lembrei do convênio que pago a muitos anos e graça a Deus  quase não uso. Liguei na central eles me indicaram o Pronto Socorro do Hospital São Lucas no Setor Hospitalar Sul. Dei entrada  ás 12 h e 10 mint. Após 40 minutos de espera procurei o setor administrativo pois a recepcionista havia desaparecido e não encontrava ninguém do setor para pedir informações, estava com dor e literalmente abandonada. Falei com um médico que estava pelos corredores da administração, Dr Fleury , que alegou não poder me atender pois estava indo para o  Centro cirúrgico e informou que o plantonista era o Dr. Percival  e que eu o aguardasse na recepção. 13 h e 20 mint. a recepcionista retornou e informou que seria atendida ás 14 h pois a emergência fecha para almoço e afirmou que o Dr. Rubens  me atenderia  assim que retornasse  do almoço. Ás 14 h e 17 minutos fui atendida pelo Dr. Percival, o mesmo se quer encontrou meu nome nos registro da unidade e afirmou que o motivo de não encontrar o meu prontuario teria sido o horário que ele foi efetuado. O que me  deixou perplexa é a invisibilidade com que os profissionais daquela unidade trata os pacientes, a enfermagem é omissa e conivente se quer me ofereceram-me uma cadeira de rodas para deambular na unidade. Fiquei tão chateada que cheguei ligar para o SAMU192 para ser removida para o HBDF, pois depois e tando tempo não conseguiria dirigir pelo edema e  a dor que sentia, porém não tinha viatura naquele momento. Meu Deus me senti humilhada como se estivesse pedindo um favor, sendo que pago por isso e não é pouco!