sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Dengue X Estratégia de Saúde da Família no Núcleo Bandeirante.

O Conselho de Saúde esteve no Centro de Saúde do Núcleo Bandeirante e em conversar com a chefe de enfermagem Valquíria,  também responsável pelo Serviço de Pronto Atendimento (SPA), o único no DF, contra referência para  Unidade de Pronto Atendimento, dos paciente considerado de menor gravidade(Classificados como Verdes). Sobre os casos de Dengue na cidade a mesma nos informou que o centro não vai trabalhar extra-muros por falta de recursos humanos. O Núcleo Bandeirante com uma população acima de 30 mil habitantes dispõem de duas equipes de Estrategia de Saúde da Família sem contar, com Park Way , Candangolândia e Riacho Fundo I, áreas de responsabilidade da antiga Regional de Saúde do Núcleo Bandeirante. A enfermeira ressaltou, que a unidade tem se esforçada em prestar um atendimento adequado aos pacientes que procuram  a unidade com sinais e sintomas das afecções contraídas pelo mosquito Aeds (Dengue Chycunha e Zica), informou que montou uma sala para testagem e um fluxo de acompanhamento dos pacientes infectados, que incluem o monitoramento das hemácias no laboratório da UPA e orientações no próprio centro. Visitamos a sala citada  e a enfermeira responsável pela testagem da "Dengue", nos informou que o  Centro de Saúde, esta recebendo pacientes  de todo o DF, pela falta do kit nas sua respectivas cidades.Em busca de maiores informações quanto a questão da prevenção e monitoramento das doenças em surto no DF, estivemos conversando, com a enfermeira Patricia Helen Gerente da Estratégia de Saúde da família da antiga Regional de Saúde, a gerente, confirmou o número de equipes e baixa cobertura da estratégia na cidade e informou que ao finalizar o processo de mudanças na estrutura da SES, o deficit de equipes serão sanados. Quanto a participação no dia D contra Dengue no dia 13 de Fevereiro de 2016 o Centro n.02 do Núcleo Bandeirante não irá participar por falto de agentes comunitários  de Saúde, no momento dispomos de 03 agentes 01 na Metropolitana e dois na Vila Cauhy. Citou que no próximo dia 20 de fevereiro terá uma programação especifica de combate a Dengue e  demais doenças provocadas pelo mosquito. O que nos preocupa na verdade é a falta de equipes de Saúde da família tendo em visto o surto no DF e o perfil epidemiológico  do Núcleo Bandeirante que são de pessoas idosas  e  doentes  crônicos  em internação domiciliar.